.

Fábio Jorge - A Canção Francesa no Brasil

Biografia

Filho de mãe francesa e pai brasileiro, Fábio Jorge nasceu em São Paulo e desde muito cedo teve interesse pela música. Com o pai aprendeu a admirar nossos grandes intérpretes do passado, como Orlando Silva e Dalva de Oliveira e com a família da mãe, os grandes artistas do cancioneiro francês, de Edith Piaf a Françoise Hardy, passando por Charles Aznavour, Gilbert Bécaud, Tino Rossi, Lucienne Boyer e outros que se tornaram referência em sua escolha musical e em sua força interpretativa.

Em 2004, incentivado pelo produtor Thiago Marques Luiz, realizou seu primeiro espetáculo no tradicional Villagio Café, em São Paulo, com repertório predominantemente brasileiro e pequenas inserções de canções francesas.

A partir daí, realizou vários shows, principalmente nos teatros da Praça Roosevelt, famoso cenário off-Broadway paulistano, com ótima receptividade do público até que em 2008 foi convidado pelo produtor e diretor teatral Heron Coelho para realizar uma série de apresentações de um espetáculo criado e dirigido por ele intitulado “Sob o céu de Paris”, exclusivamente com repertório francês. A repercussão positiva do show o levou para a gravação de seu primeiro CD, “Chanson Française”, que reuniu parte das músicas do espetáculo, além da participação especial da cantora Célia em “Joana Francesa” (Chico Buarque) e versões de Maysa e Dolores Duran vertidas para o francês.

Em 2009 e 2010, Fábio cumpriu agenda de shows em alguns importantes espaços da Secretaria Municipal de Cultura, em várias unidades do SESC, fez shows para empresas, além de ter participado de espetáculos em homenagem ao centenário de Adoniran Barbosa e do tributo a Johnny Alf, ambos no Centro Cultural de São Paulo.

Em 2011 lançou seu segundo CD dando continuidade ao seu projeto de canções francesas, brasileiras e americanas vertidas para o francês, montando assim um rico painel musical da canção francesa no mundo. Produzido novamente por Thiago Marques Luiz, o álbum trouxe participações especiais de Cauby Peixoto em Adieu (Pra dizer Adeus, de Edu Lobo e Torquato Neto), Cida Moreira em Tendresse (Ternura Antiga, de Dolores Duran e Ribamar), João Carlos Assis Brasil no famoso tema do filme “Verão de 42”, e Sílvia Maria, numa canção tema do filme “Edith et Marcel”, de 1982.

Durante 2012, o cantor criou o show “A noite de Dolores Duran”, com canções da grande compositora, se apresentou na França e começou a preparar seu mais recente CD – com produção de Bruno Pompeu – “Edith”, uma homenagem à Edith Piaf, cantora com a qual teve grande inspiração e delineou seu trabalho desde muito cedo. Lançado em julho de 2013, “Piaf” é base do repertório de seu novo show, que contempla também clássicos gravados em seus dois discos anteriores.

Em 2013 também, Fábio Jorge é convidado pela grande Orquestra Pinheiros regida pelo maestro Murilo Alvarenga,e se apresenta em diversos espaços em São Paulo, num espetáculo dedicado às canções da França, incluindo a Mayfast e o Museu da Casa Brasileira.

Em 2014 Fábio se apresenta com o ícone da música brasileira Claudette Soares, num show no Teatro Net Rio, em Copacabana, intitulado “Uma noite em Paris”, onde se revezam num repertório embasado nas culturas francesa e brasileira.

Em 2014, o cantor comemora 10 anos de palco com um show intitulado “Dez anos depois”, fazendo uma retrospectiva de sua carreira cantando em português e em francês.

Em 2015, prepara e apresenta um espetáculo chamado “Minhas Mulheres”, onde faz uma homenagem às grandes intérpretes e compositoras que sempre admirou e que depuraram suas escolhas e sua carreira. Participaram desse espetáculo Claudette Soares, Maria Thereza Mecha Branca e Edith Veiga.

Ainda esse ano, seu disco “Édith” é indicado e fica entre os 3 finalistas no quesito música estrangeira no grande prêmio da música brasileira apresentado no Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

Fábio sobe ao palco no final de 2015 para apresentar “Eu apenas queria que você soubesse”, um espetáculo criado para homenagear o grande compositor brasileiro Gonzaguinha.

Fábio Jorge - 2013 - Desenvolvido por: Ilumine Design